JD Edwards Enterprise One 9.1 – Demonstração

Neste post irei demonstrar a instalação e configuração básica  para o funcionamento do JD Edwards 9.1 Enterprise One Standalone.

Tópicos relacionados:

JD Edwards Enterprise One 9.1 – Instalando e configurando

Neste post irei abordar a instalação e configuração básica  para o funcionamento do ERP JD Edwards 9.1 Enterprise One Standalone.

Cenário: (VM Host)
Windows 7 Professional x64
Memoria: 4 GB
Disco: 80 GB
Banco de Dados: Oracle Database 11g x86

Primeiro devemos criar um conta no sistema Oracle Software Delivery Cloud.
https://edelivery.oracle.com/

Apos ter criado sua conta, iremos realizar alguns critérios de pesquisa, para que possamos dar continuidade ao processo.

JDE001

Efetue o download dos quatro arquivos.

Continue lendo “JD Edwards Enterprise One 9.1 – Instalando e configurando”

Análise de Processos de Negócio – Metodologia de Modelagem

A modelagem visa criar um modelo de processos por meio da construção de diagramas operacionais sobre seu comportamento.

A modelagem serve para validar o projeto, testando suas reações sob diversas condições para certificar que seu funcionamento atenderá aos requisitos globais estabelecidos qualidade, performance, custo, durabilidade etc.

Isso viabiliza a consolidação do conhecimento e a formulação de mudanças estruturas de forma a garantir o cumprimento da missão organizacional e o atendimento das estratégias empresariais necessárias ao sucesso em seu remo de atuação.

A modelagem deve surgir, de preferencia, uma metodologia e uma técnica consagradas para que possa ter como sequencia natural a utilização do modelo gerado em ações de melhoria de gestão de processos. A metodologia inclui, ao todo, oito etapas: analise de requisitos, construção do modelo, analise de processos, simulação, reengenharia (redesenho), documentação, divulgação e feedback. Continue lendo “Análise de Processos de Negócio – Metodologia de Modelagem”

A coexistência do SAP e Microsoft SharePoint

SAP e SharePoint. Desnecessário discutir os benefícios que ambos trazem às organizações que os utilizam. Sem dúvida, os ERPs SAP estão entre os melhores e mais respeitados do mundo corporativo. Da mesma forma, o SharePoint se coloca como uma excelente ferramenta de colaboração e gerenciamento de informações.

Tendo em vista as soluções que tanto ERPs SAP e SharePoint proporcionam, não é surpresa que a necessidade de integração entre ambos seja cada vez mais frequente. No entanto, o que não se espera são as dificuldades para que, de fato, a integração aconteça. Como mostraremos a seguir, um caso simples de integração de Time Tables pode demandar centenas de horas de trabalho. Continue lendo “A coexistência do SAP e Microsoft SharePoint”

TOTVS Microsiga 11 – Criando um ambiente para homologação

Iremos aprender como criar um ambiente de homologação no TOTVS Microsiga 11, vamos prosseguir com cenário anterior que criamos no post “TOTVS Microsiga 11 – Instalando e Configurando”.

Primeiramente vamos criar um novo banco de dados no SQL Server, para utilização da base de homologação do TOTVS Microsiga 11, neste exemplo iremos cria-la com nome “totvs-homolog”, podendo vir a ser qualquer outro nome. Tendo em vista que estamos falando de um ambiente de homologação, podemos criar um backup da base oficial e efetuar sua restauração em um novo banco, assim estará contendo todos os arquivos imputados na base. Continue lendo “TOTVS Microsiga 11 – Criando um ambiente para homologação”

TOTVS Microsiga 11 – Instalando e configurando

Continuamente vem crescendo e se desenvolvendo o mercado de ERP ‘’Enterprise Resource Planning’’, devido este crescimento, nos profissionais de tecnologia, temos que nos aprimorar a conhecer as novas tendências do mercado tecnológico.

Estaremos abordando neste post a instalação e configuração básica, para o funcionamento do sistema TOTVS Microsiga 11.

Cenário de instalação:

Integração entre SAP B1 e NGContábil

 

Atualmente a capacidade de integração com sistemas distintos encontra-se mais flexível, devido conectores desenvolvidos para esta função ou até mesmo funções pré-desenvolvidas em conjunto com alguns fornecedores.

Estaremos tratando neste post a integração entre o NGContábil e SAP. Continue lendo “Integração entre SAP B1 e NGContábil”

O que é BASIS no SAP? Você sabe?

Compreender as soluções do SAP, às vezes é um processo demorando e nem sempre chegamos à conclusão certa, hoje vamos falar um pouco do papel do SAP Basis, muitas questões são abordadas referentes a esta posição, porém nem sempre é o objetivo correto.

Qual é o papel do BASIS dentro do SAP?

O objetivo central do Basis é entender os fundamentos e a arquitetura do SAP Netweaver AS, sendo assim capaz de iniciar e parar o sistema SAP (incl. MMC), a administração de usuários, o sistema de monitoramento AS ABAP e AS Java, os fundamentos de AS Java, gerenciamento de mudanças e a logística do software para o SAP Netwaever AS e também algumas parametrizações do sistema.

Características das atividades – BASIS

Estas atividades apresentam características específicas, as quais requerem sempre um nível de serviço mais especializado e direcionado:

  • Atividades muito críticas e complexas pois envolvem a infraestrutura das aplicações SAP: plataforma e arquitetura tecnológicas.
  • Atividades que exigem alto conhecimento técnico em diversas áreas das plataformas tecnológicas das aplicações SAP: software básico, gerenciadores de banco de dados e componentes técnicos.
  • Atividades que exigem contínuo aprimoramento de Know-how para acompanhar a evolução das tecnologias de informação e das tecnologias das aplicações SAP.
  • Atividades rotineiras que demandam a operação contínua das aplicações SAP para garantir seu pleno funcionamento.

Vantagens e Benefícios – Área de BASIS

Os serviços da Área de Basis providos aos clientes SAP agregam diferenciais tecnológicos, permitindo que os esforços das companhias sejam direcionados exclusivamente para suas estratégias e operações de negócios;

  • Suporte técnico e operação contínuos da infraestrutura tecnológica das aplicações SAP, garantindo total estabilidade e disponibilidade dos serviços corporativos SAP.
  • Acompanhamento constante das evoluções e tendências das soluções e aplicações SAP.
  • Aumento da eficiência dos serviços SAP: produtividade de tarefas, suporte técnico proativo, planejamento de atividades, qualidade e comprometimento.
  • Otimização dos investimentos em recursos e serviços SAP: eliminação de riscos e falhas ao ambiente SAP, redução de custos através de serviços remotos, eliminação dos custos e riscos com treinamento e formação de especialistas técnicos, melhor utilização da infraestrutura tecnológica SAP.

Competências dos Serviços BASIS

  • Equipe formada por especialistas, altamente especializados, certificados pela SAP, pioneiros em projetos de implementação SAP no Brasil, com experiências em projetos internacionais e com atuação média de 05 anos na área de BASIS..
  • Atendimento imediato em situações de Disaster/Recovery, falhas e erros.
  • Acompanhamento e monitoração proativa das aplicações SAP: operação da plataforma e arquitetura, checklist periódico, analise de performance & tuning e planejamento da capacidade instalada.
  • Modalidade dos níveis de suporte técnico: suporte local, suporte remoto para ocorrências e suporte remoto para consultas técnicas, operação do site SAP do cliente e gestão e assessoria técnica para projetos de implementação SAP.
  • Suporte técnico total para usuários de negócio e especialistas  SAP.
  • Áreas de atuação:
    • software básico
    • DB administration
    • Aplicações SAP
    • Tecnologias de informação.

Produtos e Serviços BASIS

  • Serviços de Consultoria especializada Pontual:
    • Consultoria Basis para implementação de projetos SAP R/3®, APO, BW, BBProcurement.
    • Instalação de Solution Manager.
    • Instalação/Administração Arquitetura XI.
    • Dimensionamento da infraestrutura tecnológica para aplicações SAP: Sizing.
    • Perfis e autorizações de acessos.
    • Arquivamento de dados: deleção e armazenamento externo.
    • Configuração técnica ALE solutions..
  • Tuning
    • Performance analysis.
    • Capacity planning
  • Data Base Administration:
    • Plataformas: Oracle, Informix, SQL e DB2.
    • Suporte técnico e administração da base de dados.
    • Reorganização da base de dados.
    • Upgrades de gerenciadores de banco de dados: RDBMS
  • Logística de Software:
    • Instalação de aplicações SAP.
    • Upgrade de versões de aplicações SAP.
    • Sistema de gestão e controle de requests
  • Logística de Software:
    • Instalação de aplicações SAP.
    • Upgrade de versões de aplicações SAP.
    • Sistema de gestão e controle de requests

Após estas informações, você deve estar se perguntando do que adianta eu investir numa Academia SAP BASIS, sendo que o ambiente é exclusivo da SAP, sendo assim como devo me familiarizar com o sistema após o treinamento. Pois bem, existe um laboratório SAP chamado MiniSAP que irá te proporcionar a utilizar o sistema SAP, para que os conceitos obtidos no curso não sejam esquecidos.

Duvidas, sugestões? Poste aqui.