Como conduzir reuniões em seus projetos?

Quando falamos Gerente de Projetos, ou apenas “Gerente” logo associados a um perfil de profissional, que esporadicamente frequenta reuniões diárias ou semanais, um ciclo vicioso destes profissionais, porém uma necessidade para alinhamento junto ao negócio. Contudo nem sempre, estas reuniões são produtivas, devido ausência de boas práticas para condução da reunião.

Segundo pesquisas de mercado, cerca de 66% das pessoas que frequentam reuniões, afiram que as reuniões são improdutivas e mal conduzidas. Como podemos melhorar este cenário, efetuando reuniões mais produtivas, gerando uma qualidade aceitável? Continuar lendo

Qual a diferença entre plano e modelo de negócios?

Para muitas pessoas, plano e modelo de negócios podem parecer sinônimos, ou seja, maneiras diferentes de se referir à mesma coisa.

Entretanto isto não é correto, existindo grandes diferenças entre os dois, diferenças estas que podem afetar os resultados esperados de uma empresa.

Podemos dizer de uma forma bem simplista, que um plano de negócios é o conjunto de informações, análises e cálculos que uma pessoa deveria apresentar para um possível investidor a fim de provar que esse negócio será viável economicamente. Continuar lendo

Análise de Processos de Negócio – Metodologia de Modelagem

A modelagem visa criar um modelo de processos por meio da construção de diagramas operacionais sobre seu comportamento.

A modelagem serve para validar o projeto, testando suas reações sob diversas condições para certificar que seu funcionamento atenderá aos requisitos globais estabelecidos qualidade, performance, custo, durabilidade etc.

Isso viabiliza a consolidação do conhecimento e a formulação de mudanças estruturas de forma a garantir o cumprimento da missão organizacional e o atendimento das estratégias empresariais necessárias ao sucesso em seu remo de atuação.

A modelagem deve surgir, de preferencia, uma metodologia e uma técnica consagradas para que possa ter como sequencia natural a utilização do modelo gerado em ações de melhoria de gestão de processos. A metodologia inclui, ao todo, oito etapas: analise de requisitos, construção do modelo, analise de processos, simulação, reengenharia (redesenho), documentação, divulgação e feedback. Continuar lendo