TOTVS Microsiga 11 – Instalando e configurando

Continuamente vem crescendo e se desenvolvendo o mercado de ERP ‘’Enterprise Resource Planning’’, devido este crescimento, nos profissionais de tecnologia, temos que nos aprimorar a conhecer as novas tendências do mercado tecnológico.

Estaremos abordando neste post a instalação e configuração básica, para o funcionamento do sistema TOTVS Microsiga 11.

Cenário de instalação:

  • Sistema Operacional: Microsoft Windows Server 2008 R2 Enterprise
  • Banco de Dados: Microsoft SQL Server 2008 Express (recomendado somente para uso á nível de testes) Observação: O SQL Server deverá ser instalado como SQL Authentication, seguindo assim suas configurações necessárias.
  • Conector Banco de Dados: Microsoft SQL Server 2008 Management Studio Express
  • TOTVS Microsiga 11

Observação: Os requisitos físicos, ou seja, hardware deverá ser mensurado conforme a totalização de conexões simultâneas ao sistema.

Primeiramente vamos criar um banco de dados no SQL Server, para utilização do TOTVS Microsiga 11, neste caso criamos com nome “totvs11”, podendo vir a ser qualquer outro nome.

Após criarmos o banco de dados, vamos criar uma conexão via ODBC para utilização do sistema, pois vamos em “Painel de Controle” > “Ferramentas Administrativas” > “Fontes de Dados (ODBC)”. Vamos criar uma conexão em “Fontes de dados de sistema” conforme ilustrações abaixo.

Nota:

Para acessar ODBC 32 bits, é preciso executar a aplicação seguinte:
c:\windows\syswow64\odbcad32.exe

 Clique em Add.

 Clique em SQL Server Native Client.

 Informe o nome da conexão ODBC e abaixo informe o host name de sua máquina \instancia do banco de dados.

Observação: O nome da conexão ODBC que criarmos, será utilizado na configuração sistema.

 Coloque a opção SQL Authentication e informe a senha do usuário SA.

 Selecione o banco qual foi criado, para utilização do sistema.

 Ao habilitar a primeira função acima, qualquer erro de conexão do sistema com banco de dados, será exibido uma mensagem com idioma português-BR.

 Agora vamos iniciar a instalação dos aplicativos, para o funcionamento do sistema TOTVS Microsiga 11, os aplicativos para seu funcionamento básico são:

  • ByYou Aplication Server
  • ByYou SmartClient
  • ByYou DBAccess

Vamos iniciar a instalação do ByYou Aplication Server, conforme ilustrações abaixo:

Selecione a linguagem desejada.

Informe o diretório de instalação do sistema, caso deseje mudar.

Selecione o banco de dados, qual estaremos utilizando, neste caso SQL.

Clique em OK, como não possuímos TOKEN de ativação por padrão o sistema libera até duas conexões ao sistema.

Clique em NO.

Vamos iniciar a instalação do ByYou SmartClient, conforme ilustrações abaixo:

Selecione a linguagem desejada.

Informe o diretório de instalação do sistema, caso deseje mudar.

Vamos iniciar a instalação do ByYou DBAccess, conforme ilustrações abaixo:

Selecione a linguagem desejada.

Informe o diretório de instalação do sistema, caso deseje mudar.

Após ter instalado os aplicativos, para o pré-funcionamento básico do sistema TOTVS Microsiga 11, iremos agora iniciar as configurações necessárias. Precisamos configurar o arquivo “appserver.ini” vamos acessar o diretório deste arquivo em “C:\TOTVS 11\Microsiga\Protheus\bin\appserver” abra-o com bloco de notas.

Observações:

  • Campo environment = Nome do seu ambiente dentro do sistema, ao copiar esta chave até o seu final é criado uma segundo ambiente, igual a que criamos ‘’HOMOLOGAÇÃO’’.
  • Campo SourcePath = Nota-se que criamos um diretório após o \APO, para separação dos ambientes de produção e homologação. Lembre-se que devemos copiar o arquivo “tttp110.rpo” para os diretórios “OFICIAL e HOMOLOG” que criamos.

Iremos agora configurar o arquivo “smartclient.ini” vamos acessar o diretório deste arquivo em “C:\TOTVS 11\Microsiga\Protheus\bin\smartclient” abra-o com bloco de notas.

Após termos configurado estes arquivos já estamos aptos a utilização do sistema, vamos criar um atalho do EXE dos arquivos “APPServer, SamarClient e DBAccess” no desktop do computador e efetuar os passos conforme ilustração abaixo.

Nota-se que colocamos “-console” após o caminho de execução do aplicativo, está ação deverá ser efetuada nos arquivos “AppServer e DBAccess”. Colocando “-console” como propriamente o nome já diz estaremos rodando os arquivos em console, casualmente você queira instalar os serviços ficando mais prático basta mudar para “-install” e executa-lo com direitos de administrador que os serviços serão criamos no Windows, bastando somente executa-los.

Próximo passo teremos que configurar a conexão do banco de dados com sistema, vamos abrir o aplicativo DBAccess Monitor e seguir os passos da ilustração.

Clique em “Configurações” selecione o banco de dados que estamos usando, neste caso “Microsoft SQL” informe a senha do usuário SA e clique em “Salvar”.

Agora clique em “Assistentes” e depois em “Validação de Conexão”.

Selecione o banco de dados, qual estamos utilizando, neste caso o ”Microsoft SQL”.

Informe o nome da conexão ODBC, qual criamos anteriormente.

Após ter concluído esta etapa, podemos abrir o sistema, vejamos as ilustrações abaixo.

NOTA: Em “Start Program” este campo referenciasse aos módulos do sistema. Temos dois ambientes multi-módulos, ou seja, acessam todos os módulos numa única visualização, os mesmos são SIGAADV e SIGAMDI.

Selecione o tema qual deseja trabalhar.

Informe seu login de acesso, neste caso coloque ‘’Admin’’ sem senha e clique em entrar.

Selecione ‘’Servidor’’ e clique em Open.

O sistema está efetuando a criação das tabelas e índices dentro do banco de dados, para sua utilização.

Após ter concluído todas as etapas, você já encontra-se apto a utilização/parametrização do sistema.

 Tabelas criadas dentro do banco de dados, após iniciarmos o sistema.

Principais mudanças comparando com Protheus 10.

O IDE não teve mudanças, exceto a imagem de fundo

Igual ao IDE, não houve modificações de funcionalidades.

A tela de cadastros teve total mudança, o menu ficou no canto inferior e existe possibilidade de mudar as configurações do browse do protheus

Tela de axcadastro

Tela inclusão de um novo item

O botões agora ficam no “Ações Relacionadas”

Os relatórios não sofreram mudanças

Esperto que tenha sido útil este post e quaisquer duvidas postem aqui.

9 pensamentos sobre “TOTVS Microsiga 11 – Instalando e configurando

  1. espetacular a dica, parabéns, segui o passo a passo e conclui a configuração sem preocupações e sem nunca ter instalado antes o sistema

  2. Boa noite Kelsen, como vai?
    Trabalho com o corpore RM e estou com planos de trabalhar com o Protheus, espero.

    Tenho acesso como cliente a área de download do Site da Totvs e baixei o appServer, o SmartClient e o DBAccess na versão binária do Protheus11.

    Um amigo me disse que esses caras binários já são a instalação, tinha que apenas criar o appserver.ini e via linha de comando aplicar o -install.

    A instalação criou o serviço no Windows😉, mas com erro.

    Não sei se este tipo de instalação que estou seguindo copiará os arquivos necessários para as pastas que vc indicou no AppServer.ini.

    Pra resumir, é possível instalar o ambiente apenas com os arquivos binários?

    Obrigado pelo documento,

    Daniel

  3. obrigado por este trabalho trabalhei na totvs a 5 anos atras fiquei ausente neste tempo voltei agora e fiz minha instalação sem nenhum problema show de bola
    ha estou a procura de emprego se alguem precisar de analista para implantação estou na tiva de novo viva vamos a luta show. valeu fui.

  4. Boa tarde muito bom sua apresentação!
    Estou com problema na hora de configurar a conexão do banco de dados com sistema, pelo aplicativo DBAccess Monitor.
    Está ocorrendo o seguinte erro:

    appserver
    [Producao]
    SourcePath=C:\TOTVS11\Microsiga\Protheus\apo\Producao
    RootPath=C:\TOTVS11\Microsiga\Protheus_Data\Producao
    StartPath=\system\
    x2_path=
    RpoDb=Top
    RpoLanguage=portuguese
    RpoVersion=110
    LocalFiles=ads
    Trace=0
    localdbextension=.dbf
    PictFormat=DEFAULT
    DateFormat=DEFAULT
    RegionalLanguage=BRA

    [DBAccess]
    DataBase=MSSQL
    Server=GILDARTHBARROSO
    ALIAS=Totvs11 Producao
    PROTHEUSONLY=0

    [Homologacao]
    SourcePath=C:\TOTVS11\Microsiga\Protheus\apo\Homologacao
    RootPath=C:\TOTVS11\Microsiga\Protheus_Data\Homologacao
    StartPath=\system\
    x2_path=
    RpoDb=Top
    RpoLanguage=portuguese
    RpoVersion=110
    LocalFiles=ads
    Trace=0
    localdbextension=.dbf
    PictFormat=DEFAULT
    DateFormat=DEFAULT
    RegionalLanguage=BRA

    [DBAccess]
    DataBase=MSSQL
    Server=GILDARTHBARROSO
    ALIAS=Totvs11 Homologacao
    PROTHEUSONLY=0

    [Drivers]
    Active=TCP

    [Service]
    Name=Protheus 11
    Displayname=Protheus 11

    [TCP]
    TYPE=TCPIP
    port=1234

    [General]
    InstallPath=C:\TOTVS11\Microsiga\Protheus

    [LICENSESERVER]
    enable=0
    port=5555
    ShowStatus=1

    [LICENSECLIENT]
    server=GILDARTHBARROSO
    port=5555

    smartclient
    [config]
    lastmainprog=SigaAdv
    envserver=Producao
    Language=1
    ;BrowserEnabled=1

    [drivers]
    active=tcp

    [tcp]
    server=GILDARTHBARROSO
    port=1234

    È necessário configurar o dbaccess ou pelo próprio monitor ele já grava as configurações necessária?

    dbaccess
    [General]
    LicenseServer=
    LicensePort=0
    ByYouProc=0

    [MSSQL]
    user=sa
    password=œñ”ú
    TableSpace=
    IndexSpace=

    Desde ja agradeço pela atenção.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s