Como transformar ideias em ações – O Gerenciamento da Execução

Tendo definido os objetivos de inovação e planejado as ações para realizá-los, bem como asseguradas a sua aceitação e aprovação, só falta agora esperar para colher os benefícios de sua brilhante ideia. Certo? Infelizmente não, pois há um longo e trabalhoso caminho a percorrer. Se acredita que o sucesso já está garantido, você pode estar totalmente errado, vítima de excesso de confiança e falta de cuidado na fase mais crítica de todo processo de mudança, a execução. Continuar lendo

Arquitetura Corporativa – Gestão de TI

A carência da compreensão do funcionamento da área de TI e do negocio proporciona a tomada de decisão personalizada, baseado no modelo mental do gestor ou do grupo de gestores. Esta situação pode ocasionar a utilização ineficaz e ineficiente dos recursos da organização e da unidade de TI.

O instrumento utilizado para comunicar o funcionamento de uma organização com foco estratégico, que busca unificar as diferentes percepções dos diversos atores, é denominado Enterprise Architecture (EA). Atualmente, no Brasil, a expressão Enterprise Architecture não possui uma tradução definida, na realidade existem algumas traduções, tais como arquitetura corporativa, arquitetura organizacional e arquitetura empresarial, dentre outras. Continuar lendo

8 regras para manter seu Gestor feliz

Quando sua equipe lhe pede o que quer, aqui está o que você diga a eles.

Se você é o chefe, você vai querer compartilhar esta coluna com sua equipe, porque ele vai fazer o seu trabalho um heck de muito mais fácil. E se por acaso você não é o chefe, memorizar esta coluna, pois contém a chave para o sucesso a longo prazo.

Aqui estão as regras para manter o chefe feliz:

1. Seja fiel à sua palavra.

Seu chefe quer confiar em você. Realmente. Portanto, sempre que você aceitar um trabalho, siga-o religiosamente, mesmo fanaticamente. Faça o que você diz que vai fazer. Nunca evita a cobertura de suas apostas com declarações vagas como “vou tentar” e “talvez”. Em vez disso, faça a sua palavra ter peso real.

2. Sem surpresas, nunca.

O medo secreto de cada chefe é que os funcionários estão estagnado, mas não estão dizendo nada sobre isso. Assim, mesmo se você tem medo más notícias pode perturbar o seu chefe, certifique-se que ele está informado. Nota: Se o seu chefe de forma consistente “fale com minha mão”, você pode ignorar esta regra, porque seu comportamento mostra que ele realmente não quer estar a par.

Continuar lendo

Cobit 5

A ISACA lançou o COBIT 5 (13-04-2012), a única estrutura de negócios para a governança e gestão de TI empresarial. A nova versão do COBIT promove continuidade ininterrupta entre um departamento de TI e suas metas de negócios em geral, e representa uma evolução importante da estrutura globalmente aceita em todo o mundo há mais de quinze anos. A estrutura COBIT 5 está disponível através da ISACA— uma associação de mais de noventa e cinco mil profissionais de governança de TI — com download gratuito em www.isaca.org/cobit.

De acordo com uma recente pesquisa global de mais de três mil e setecentos profissionais de TI, são membros da ISACA, quase metade das empresas (44%) estão planejando aumentar seus investimentos em TI seletivamente nos próximos doze meses, com base na contribuição esperada para o valor dos negócios. A pesquisa mostrou que 74% das equipes executivas consideram a informação e a tecnologia muito importantes para a execução da estratégia e da visão da empresa. Continuar lendo

What is ALM ?

(Definição Wikipedia)

É o casamento entre gerência de negócio com engenharia de software, que se tornou viável graças a ferramentas que facilitam e integram processos como análise de requisitos, modelagem de arquitetura, desenvolvimento de código, gerenciamento de mudanças, gerenciamento de testes e gerenciamento de versões de produtos realizados. Cada um destes processos faz parte de uma etapa de um ciclo de vida de um software.

Objetivos

  • Possibilitar maior controle ao projeto;
  • Previsibilidade no processo de desenvolvimento;
  • Garantir o acompanhamento das tarefas do projeto, disponibilizando um controle de versões mais eficiente;

Seu foco principal é a Coordenação de todas as atividades do ciclo de vida, incluindo requisitos, modelagem, desenvolvimento, construções, testes, manutenções e operações.

O que proporciona?

  • Qualidade e rapidez no desenvolvimento de software;
  • Facilidade de integração de novos membros a equipe;
  • Rastreabilidade de Requisitos;
  • Segurança da Informação;
  • Adequação da ferramenta ao processo de trabalho da organização;

Governança, desenvolvimento e operações

Utilizar uma ferramenta baseada na tecnologia ALM, proporciona controlar eventos que ocorrem no dia-a-dia de seu Departamento de TI.

  • Controle

Sob o código que esta sendo desenvolvido, integrações entre Cronogramas e listas de trabalho, checagens, correções, testes integrados e qualidade.

  • Colaboração

Geograficamente seu time pode estar em qualquer lugar, compartilhando e gerando informações pertinentes ao projeto.

  • Previsibilidade

Relatórios em tempo real, rastreabilidade, tomada rápida de decisões.

Benefícios

Benefícios

Os benefícios da utilização de uma ferramenta de ALM são inúmeros e podem ser encontrados alguns deles, nessa lista:

  • Ganhos de produtividade de até 50%;
  • Colaboração e comunicação com mais eficácia para participantes do projeto;
  • Aumento da previsibilidade para as atividades do projeto;
  • Suporte a automação de testes e testes de recorrência;
  • Garantia da qualidade ao longo de todas as fases do processo de desenvolvimento;
  • Processos definidos e seguidos de forma consistente;
  • Aumento da visibilidade do status e da qualidade do projeto utilizando dados para tomada de decisões conscientes em tempo real;

Membros de uma equipe de desenvolvimento de software

Os membros de sua equipe (as pessoas) são as principais responsáveis pela efetividade de uma ferramenta ALM. Cada uma dessas pessoas possuem metas e objetivos comuns ao projeto, no entanto, diferentes em sua essência profissional. O ALM possui recursos para todos esses papéis:

  • Analista de Negócios
  • Gerente de Projeto
  • Arquiteto
  • Desenvolvedor
  • Desenvolvedor de Banco de Dados
  • Testador
  • Gerente de Operação
  • DBA
  • Escritório de Projetos
  • Executivo
clip_image002

 

Gestão de Projetos – facilidade e integração

O ALM tem seu foco na produtividade dos recursos alocados, bem como auditar suas tarefas e ações durante o projeto. Essa gestão aliada ao processo de melhores práticas escolhido, seja ele qual for (CMMI, RUP, MSF, PMI, SCRUM, XP ou qualquer outro), possibilita gerar padrões de avaliação. Entre seus principais recursos e padrões, podemos citar:

  • Rastreabilidade e alocação de recursos;
  • Relatórios em tempo real;
  • Integração com Project, Excel e sistemas terceiros;
  • Lançamento de Horas Trabalhadas;
  • Dashboards;
  • Modelos para infraestrutura de TI, como, COBIT, MOF,ITIL e ISO 20.000;
  • MSF, SCRUM, RUP, PMI, KANBAN, XP e etc;
  • Suporte aos fornecedores;
  • Monitoração;
  • Governança;

Algumas “dores” detectadas em projetos de software

Constantemente, encontramos situações em empresas/projetos que nos indicam o insucesso na entrega logo de imediato. Alguns desses motivos são:

  • Escopos mal definidos;
  • Ferramentas com problemas de implantação ou mal customizadas;
  • Testes não alinhados com os objetivos do negócio;
  • Ausência de processo definido;
  • Falta de previsibilidade, prejudicando a tomada de decisões;
  • Falta de comunicação entre o time;

Alguns “remédios” que podem ajudar a melhorar seu projeto de software

  • Oferecer maior produtividade e controle das tarefas
  • Facilitar a tomada de decisões
  • Ajudar na condução correta do projeto de forma totalmente integrada
  • Atuar em qualidade em todas as fases do desenvolvimento
  • Ajudar a manter um processo de desenvolvimento sem gerar sobrecarga para atividades de controle e relatório
  • Apoiar a equipe com melhores práticas e documentação de orientação
  • Facilitar e gerencia o compartilhamento das informações
  • Melhorar a capacidade de gestão dos projetos

Fonte: http://www.almbrasil.com.br

Metodologia Ágil

 “Governança de TI é igual redbull, pode lhe dar asas”

Em 2001, um grupo de 17 profissionais se reuniu para discutir sobre como melhorar o desempenho em seus projetos. Cada um deles possuía suas próprias praticas e métodos de trabalho, mas concordaram que um conjunto de princípios sempre estava sendo respeitado em todos os projetos que deram certo.

Por fim desenvolveram o manifesto ágil. Este manifesto definia os valores e princípios a serem seguidos, para se obter maiores e melhores resultados. O foco maior do manifesto é o de desenvolver softwares tornando este processo  mais pessoal, mais colaborativo e mais fácil.

 Valores das metodologias ágeis:

Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas

Software em funcionamento mais que documentação abrangente

Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos

Responder a mudanças mais que seguir um plano

Os doze princípios das metodologias ágeis:

  1. Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega adiantada e contínua de software de valor.
  2. Aceitar mudanças de requisitos, mesmo no fim do desenvolvimento. Processos ágeis se adequam a mudanças, para que o cliente possa tirar vantagens competitivas.
  3. Entregar software funcionando com frequência, na escala de semanas até meses, com preferência aos períodos mais curtos.
  4. Pessoas relacionadas à negócios e desenvolvedores devem trabalhar em conjunto e diariamente, durante todo o curso do projeto.
  5. Construir projetos ao redor de indivíduos motivados. Dando a eles o ambiente e suporte necessário, e confiar que farão seu trabalho.
  6. O Método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para, e por dentro de um time de desenvolvimento, é através de uma conversa cara a cara.
  7. Software funcional é a medida primária de progresso.
  8. Processos ágeis promovem um ambiente sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários, devem ser capazes de manter indefinidamente, passos constantes.
  9. Contínua atenção à excelência técnica e bom design, aumenta a agilidade.
  10. Simplicidade: a arte de maximizar a quantidade de trabalho que não precisou ser feito.
  11. As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de times auto-organizáveis.
  12. Em intervalos regulares, o time reflete em como ficar mais efetivo, então, se ajustam e otimizam seu comportamento de acordo.

Para se utilizar dos benefícios fornecidos pelo manifesto ágil devemos adotar uma metodologia ágil, essa metodologia define algumas regras e formas de trabalho. Alguns exemplos de metodologias ágeis:

Cada metodologia tem sua maneira de trabalho, mas em geral são processos iterativos e incrementais. Sendo que ao final de cada iteração o cliente recebe uma versão utilizável do produto.

Hoje as metodologias mais conhecidas no mercado são a XP e a SCRUM. A XP (Extreme Programming), que possui um número de práticas um pouco maior e oferece práticas de certo modo radicais, ou vistas com certo receito, como é o caso do “pair programming”. Mas é uma metodologia que fornece excelentes benefícios quando aplicada corretamente. A SCRUM é outra metodologia ágil bastante utilizada atualmente, ela é um pouco mais simples e direta, não possui tantas praticas quanto a XP, mas fornece excelentes resultados para os projetos. A grande vantagem do Scrum é que através dele pode-se gerenciar vários tipo de projetos, mesmo que não seja de software.

Green IT – Modelo de Governança Verde

A necessidade de uma visão estruturada e holística nas decisões de negócios e tecnologias traz à forma a demanda corporativa por um modelo de governança focado na maturidade empresarial aderente a normas, regulamentações e leis nacionais e internacionais. O mundo precisa endereçar ao mesmo tempo as questões de:

  1. negócios via governança corporativa
  2. objetivos e metas da organização em termos de sustentabilidade ambiental e financeira
  3. redução do impacto ambiental e financeiro das atividades de suporte da governança corporativa

Neste ponto ficam evidentes as vantagens para o empreendimento da governança da nova TI verde em relação a governança da tradicional TI. A governança da antiga TI tem o papel e objetivo único de suportar a governança corporativa. A governança da nova TI verde, no entanto, tem dois papeis e objetivos adicionais além de suporte e governança corporativa. Ela também atua ativamente no desenvolvimento e manutenção das metas do negocio de sustentabilidade ambiental e financeira na minimização do impacto financeiro ambiental das suas atividades internas.

Neste momento especial em que a sociedade chama pelo aumento conscientização das pessoas e consumidores em relação ao uso inteligente dos cada vez mais escassos recursos naturais, a governança da nova TI verde chega para desempenhar tanto a sua função essencial como para dar um passo a mais e agregar valor ao empreendimento e comunidade. Medidas que salvam ao mesmo tempo a natureza a o bolso sintetizam as novas metas dos negócios sustentáveis.

As empresas inteligentes e conscientes buscam soluções sustentáveis de TIC para reduzir o consumo de energia e tratar adequadamente os resíduos tecnológicos e o seus derivados. Para que a sustentabilidade corporativa seja real ele precisa estar presente hoje, amanha e sempre, por isto é preciso trabalhar em ambiente CTP. A governança só existe quando o CPT esta presente, logo é preciso trabalhar corretamente com as métricas para que o resultado final seja satisfatório.

As melhores práticas, os corpos de conhecimento e os frameworks atualmente em uso pela governança da antiga TI como o Control Objetives for Information and related Technology (Cobit) e Information Technology Infrastructure Library (ITIL), presenciam ser revistas e observados com os olhos modernos da sustentabilidade.

Não estou falando em repensar os objetivos de controles e processos, pois eles claramente admitem interpretações sustentáveis, mais é preciso rever os principais modelos utilizados do mundo inteiro para que eles incorporem os critérios sustentáveis do bolso e natureza.

Algumas ações abaixo devem impulsionar as iniciativas verdes e aumento de sua responsabilidade social e empresarial. As medidas vão desde a redução do carbono no data center de Ti à ofertas de estações de recarga de veículos elétricos e reciclagem de resíduos.

  • Obtenção do status Energy Star, sua avaliação de desempenho energético ajuda os gestores a saberem o quão seus edifícios são eficientes se comparados a outros prédios de todo o país;
  • Economia de energia por meio da virtualização do data center de TI. Com 75% dos servidores virtualizados, a companhia economiza 12,5 milhões de kWh a cada ano no consumo de energia pelos servidores e para resfriamento, o equivalente ao plantio de 25.889 árvores, à retirada de 1.463 veículos das ruas ou à emissão de mais de 7,7 milhões de Kg de dióxido de carbono (CO2);
  • Foco na redução do dióxido de carbono (CO2), por meio do gerenciamento do fluxo de ar no data center da Vigilent Corporation, resultou em uma economia de 151.214 Kg de CO2 ao ano e na redução de 73% no consumo de energia (248.784 kWh ao ano) para o resfriamento do Data Center da empresa;
  • Redução do consumo de energia com o reposicionamento das luzes, que diminuiu o consumo de energia da Informática Corporation em 25.800 kWh por ano, ou uma redução estimada da emissão de CO2 de 15.681 Kg a cada ano;
  • Lançamento do serviço Zimride de deslocamento compartilhado (car pooling) para melhorar a qualidade do ar e limitar as emissões de gás estufa. O deslocamento compartilhado pode também reduzir os custos de transporte dos funcionários em uma média de US$ 320 ao mês, se os automóveis forem compartilhados todos os dias;
  • A instalação de estações de recarga de veículos elétricos na sede da Informática Corporation, o que deverá reduzir as emissões de CO2 em 12.250 Kg ao ano e economizar 1.812 galões de gasolina por ano;
  • Medidas de gerenciamento de resíduos, reciclagem e compostagem, resultando na reciclagem ou compostagem de 73% do total dos resíduos gerados pelos edifícios da sede da companhia.

Leia mais de TI Verde …