Bitcoins – moeda virtual ganhará cartão de crédito

Bitcoin, a popular moeda virtual, está prestes a ganhar o seu primeiro cartão de crédito. A notícia foi avançada pela Xapo, a startup chinesa, com sede na Califórnia, empresa responsável pelo lançamento do produto. O cartão será gratuito e estará vinculado às wallets já disponibilizadas pela Xapo, tendo associado um número e uma data de expiração para utilização nos pagamentos online.

De acordo com a companhia, haverá uma versão física do cartão, com o custo de U$ 15 (aproximadamente € 11 / R$ 33), podendo ser utilizado em qualquer loja que aceite VISA ou MasterCard. Vale lembrar que este cartão poderá ser usado não apenas nos Estados Unidos, já que haverá cartões com PIN e chips disponíveis para a Europa. Contudo, o serviço não permite levantamentos (saques) no multibanco (caixa automático). Continuar lendo

Qual plataforma de mídia social seria a melhor para uma estratégia de SEO?

midia social SEO2

Existem muitas plataformas de mídia social no mercada, cada uma oferecendo a oportunidade de divulgação para seus clientes. Criar um buzz social através de trechos curtos pode ajudar tanto a marca como promover um produto, visando sempre seu público alvo, você pode oferecer seus produtos direcionando-os a este público.

Mal qual plataforma seria a melhor opção para suas ambições? Irei mencionar alguns trechos de mídias sociais, para poder beneficiar a sua estratégia.

midia social SEO

  • Facebook

Com mais de 1,15 bilhão de usuários no mundo, o Facebook é uma marca estabelecida com um grande número de seguidores. Criando uma página de Facebook para o seu negócio irá permitir que você alcance os seus clientes em um nível social, que lhes permita participar, deixando comentários referente seus produtos.

Continuar lendo

A Evolução dos Profissionais da TI?

Ouvimos constantemente que área de tecnologia está num crescimento constante, gerando assim, novas oportunidades no mercado e crescimento tecnológico. É extremamente comum encontrar profissionais formados de outras áreas, atuando diretamente com a TI e em outros casos, profissionais sem formação e curso técnico, isto prejudica extremante a área, pena que poucos profissionais vejam desta forma.

Hoje por eventualidade ouvi alguns comentários, dos quais me impulsionaram a fazer este post, pois um Consultor de Gestão Estratégica, mencionou que a área de Tecnologia da Informação, pode ser atuada por qualquer profissional desde que tenha vontade e motivação, ou seja, você como profissional da TI, faz investimentos como faculdade, pós-graduação, cursos diversos para qualquer profissional sem qualificação ocupe uma posição no mercado, qual poderia vir a ser sua. Você pode até dizer –Ah mais geralmente estes profissionais, ocupam as posições mais baixas, das quais ninguém tem interesse. Pode até ser verdade, mas este cenário está sendo alterado, hoje podemos ver Gestores de Projetos, Coordenadores, Analistas, sem qualquer formação e curso em TI, atuando nestas posições e em alguns casos formados em Química e dentre outras áreas sem qualquer relacionamento com assunto, é realmente um absurdo, ver o futuro da TI no Brasil.

Da próxima vez que ouvir tais humores, vou mencionar –Quando seus filhos e/ou familiares ficarem doentes, não os leve no medico e sim para um veterinário, afinal é tudo a mesma coisa NÃO?

Alemanha desenvolve app para caçar nazistas

Right-wing extremists at a demonstration in Berlin: Police are hoping to use a smartphone app similar to Shazam to stop the neo-Nazi music.

Por motivos até compreensíveis a Alemanha moderna não gosta de nazistas. Não compartilham do discurso de “liberdade de expressão” dos EUA, e não consideram que uma ideologia que matou 60 milhões de pessoas mereça ser ouvida, praticada ou preservada. Never Again é uma frase tão repetida em Berlim quanto em Jerusalém, mas sempre há um espírito de porco que, frustrado por sua vida ser um lixo, acha nos outros a justificativa pro próprio fracasso, então adere a movimentos neonazistas.

Para tentar conter a expansão de movimentos neonazistas, a polícia alemã pode começar a usar um software que identifica músicas relacionadas ao tema em alguns segundos. O método vem sendo chamado de “Nazi Shazam”, em referência ao popular aplicativo para smartphones que reconhece musicas, em geral. Continuar lendo