Análise de Processos de Negócio – Metodologia de Modelagem

A modelagem visa criar um modelo de processos por meio da construção de diagramas operacionais sobre seu comportamento.

A modelagem serve para validar o projeto, testando suas reações sob diversas condições para certificar que seu funcionamento atenderá aos requisitos globais estabelecidos qualidade, performance, custo, durabilidade etc.

Isso viabiliza a consolidação do conhecimento e a formulação de mudanças estruturas de forma a garantir o cumprimento da missão organizacional e o atendimento das estratégias empresariais necessárias ao sucesso em seu remo de atuação.

A modelagem deve surgir, de preferencia, uma metodologia e uma técnica consagradas para que possa ter como sequencia natural a utilização do modelo gerado em ações de melhoria de gestão de processos. A metodologia inclui, ao todo, oito etapas: analise de requisitos, construção do modelo, analise de processos, simulação, reengenharia (redesenho), documentação, divulgação e feedback. Continuar lendo

Anúncios

Cobit 5

A ISACA lançou o COBIT 5 (13-04-2012), a única estrutura de negócios para a governança e gestão de TI empresarial. A nova versão do COBIT promove continuidade ininterrupta entre um departamento de TI e suas metas de negócios em geral, e representa uma evolução importante da estrutura globalmente aceita em todo o mundo há mais de quinze anos. A estrutura COBIT 5 está disponível através da ISACA— uma associação de mais de noventa e cinco mil profissionais de governança de TI — com download gratuito em www.isaca.org/cobit.

De acordo com uma recente pesquisa global de mais de três mil e setecentos profissionais de TI, são membros da ISACA, quase metade das empresas (44%) estão planejando aumentar seus investimentos em TI seletivamente nos próximos doze meses, com base na contribuição esperada para o valor dos negócios. A pesquisa mostrou que 74% das equipes executivas consideram a informação e a tecnologia muito importantes para a execução da estratégia e da visão da empresa. Continuar lendo

Simulado certificação ITIL v3

Estou disponibilizando para todos um simulado preparatório para o exame de certificação ITIL v3. O simulado é composto por 40 questões de multiescolha, com duração de 60 minutos, o mesmo acompanho o mesmo formato do simulado oficial.

Confira o link abaixo e boa sorte.

http://www.atillaarruda.com.br/files/simulado-itil/

Post oficial: Atilla Arruda

Service Level Agreement SLA??

O que é um SLA?

Service Level Agreement em geral, os SLAs definem os serviços e níveis de serviços que um departamento ou empresa fornece. Os SLAs que são definidos e implementados corretamente fornecem um método eficaz de avaliação dos níveis de desempenho atuais e uma maneira de prever necessidades futuras. Um SLA é basicamente um contrato, portanto, deve abordar quais são os serviços e/ou níveis de desempenho a serem distribuídos e os recursos e requisitos de financiamento que devem ser considerados. A definição dos recursos e requisitos de financiamento e a aprovação da gerencia e dos clientes serão uma  estratégia-chave para o estabelecimento de SLAs relevantes. Essa área pode não ter sido bem-sucedida no passado, mas é critico que os SLAs façam parte do orçamento. Deve ficar entendido que se um orçamento ou recurso mudar, o SLA será afetado e deve ser renegociado.

Elementos-chave do SLA

Os SLAs incluem os seguintes elementos-chave:

  • Os níveis de avaliação do SLA devem ser definidos por objetivos empresariais e atender os requisitos do usuário, além de ser aprovados pelas partes envolvidas e ser atingíveis.
  • A gerencia executiva deve entender a correlação entre financiamento de TI e a capacidade de distribuição dos serviços e níveis de serviço acordados.
  • As matrizes do SLA devem ter folgas no desempenho para permitir a recuperação de falhas.
  • Para evitar o descontentamento do usuário, é essencial que os níveis de serviços definidos sejam atingíveis e avaliados.
  • O desempenho dos níveis de serviço deve ser monitorado, gerenciado e avaliado continuamente. Monitoração e alertas devem ser definidos de uma maneira preventiva e conter uma folga no nível de desempenho.
  • Documente, documente, documente. Todas as matrizes de desempenho devem ser incluídas na documentação apropriadas e, se possível, conter aprovações.
  • Comunique, comunique, comunique. A comunicação é essencial. Se um problema surgir ou um SLA não poder ser preventivo, a comunicação relativa ao problema e um plano de ação serão um longo caminho em direção ao estabelecimento de credibilidade de seu departamento.

Information Technology Infrastructure Library ITIL ??

O que é ITIL?

Information Technology Infrastructure Library (ITIL) é um framework que reúne as boas praticas para gerenciamento de serviços de TI mais aceitas mundialmente. Desperta grande interesses no mercado porque, atualmente, existe uma preocupação com o gerenciamento de serviços de TI nas empresas. A grande dependência da TI para os negócios faz com que os gestores desses departamentos busquem a adoção das boas praticas com o objetivo de trazer resultados positivos, como redução de custo e agilidade em seus processos, principalmente porque independe de tecnologia e fornecedor.

O framework ITIL é trivial para todas as atividades do setor de Tecnologia de qualquer empresa, de qualquer tamanho ou segmento, como a parte de fornecimento dos serviços, que é baseada na infraestrutura de TI. Todas essas atividades estão envolvidas em vários processos para fornecer um framework eficaz no gerenciamento de serviços como um todo. Então, cada um desses processos cobre uma ou varias atividades do Departamento de TI, tais como desenvolver serviços, gerenciar a infraestrutura, prestar suporte a serviços.

O principal foco das boas praticas (ITIL) é descrever os processos necessários para gerenciar toda a infraestrutura de TI de forma eficiente e eficaz garantindo os níveis de serviço acordados (SLA) com os clientes.

Qual a relação do ITIL com a governança de TI?

A aplicabilidade da biblioteca ITIL no Departamento de TI, ajudará os colaboradores a se tornarem mais proativos, criando assim uma relação direta entre o departamento  de TI e o gerenciamento total (governança), tornando-o mais confiável, resiliente, transparente, eficiente e integrado com as necessidades do negocio.

Dica: Ao realizar o mapeamento dos processos de TI e aprimorar os fluxos de trabalho com as boas praticas (ITIL), identificaremos os principais fatores da mudança.

Quais os principais benefícios na implementação do ITIL?

  • adotar praticas já testadas, é o que proporcionará um ganho de tempo
  • retorno mais rápido sobre o projeto de implementação
  • os processos tornar-se-ão mais eficientes e eficazes, buscando rapidez e resultados positivos
  • melhorar a qualidade dos serviços de TI perante todos os usuários e clientes
  • alinhar os serviços de TI com as necessidades atuais e futuras do negocio
  • aumentar a satisfação do cliente
  • ter uma visão mais clara da capacidade atual
  • manter a equipe de TI mais motivada e focada.