Como funciona a certificação de SAP? Posso adquiri-la a qualquer momento?

São tantas perguntas referente a certificação SAP, que nem sei por onde começar! Já sei vamos iniciar pela Academia SAP.

A Academia SAP são cursos destinados a cada modulo do sistema SAP, te tornando um profissional SAP focado num determinado modulo.

Academia SAP

  • FI (Contabilidade Financeira)
  • CO (Controlling),
  • MM (Gestão de Materiais)
  • SD (Vendas e Distribuição)
  • PP (Planejamento da Produção)
  • PS (Gestão de Projetos)
  • HR (Recursos Humanos)
  • ABAP e BW (Business Intelligence)

Todas as academias SAP e certificações estão disponíveis em português?

Infelizmente não, somente algumas academias e certificados estão disponíveis em português, porém é grande maioria. As academias e certificações que estão em português, são: FI (Contabilidade Financeira), CO (Controlling), MM (Gestão de Materiais), SD (Vendas e Distribuição), HR (Recursos Humanos), ABAP e BW (Business Intelligence). Academias e certificações em inglês: PP (Planejamento da Produção) e PS (Gestão de Projetos).

Quanto custa uma Academia SAP?

O valor varia de acordo com modulo, qual deseja estar efetuando, tenho como base o modulo SD qual estive efetuando, paguei cerca de 10 mil reais, incluindo o exame de certificação.

Você agora deve estar se perguntando. Será que é um investimento bom?

Posso dizer que sim, pois o mercado de consultoria de SAP vem cada vez mais, crescendo e necessitando de bons profissionais. É um mercado pequeno no Brasil, em comparação ao mercado exterior, porém os profissionais que se qualificam têm grande valor no mercado nacional e expectativa de crescimento no exterior, pois é valido internacionalmente seu certificado SAP.

Eu posso tirar o certificado SAP, sem ter que efetuar a Academia SAP?

Não, a SAP recomenda efetuar uma academia, antes de efetuar o certificado, isto é claro, estamos falando do Brasil, esta exigência é somente para nos brasileiros. Outros países podem efetuar diretamente a certificação, claro que cada um tem uma particularidade, senão me recordo bem, tem outros locais que também é exigido o curso.

Duvidas, sugestçoes? Poste aqui.

Ramon Rodrigo

Anúncios

Falando um pouco de SAP – Você conhece?

Caros,

Meu nome é Ramon Rodrigo, sou Consultor SAP no módulo SD “Sales and Distribution” e neste tópico vamos conversar um pouco sobre a origem do SAP.

Como todos já devem saber SAP significa (em alemão Systeme, Anwendungen und Produkte in der Datenverarbeitung, em inglês Systems, Applications and Products in Data Processing, em português Sistemas, Aplicativos e Produtos para Processamento de Dados)

“Mas Ramon por que devo saber como significa SAP em alemão ?!”

Por que a SAP foi desenvolvida na Alemanha em 1972 na cidade Mannheim, quando alguns ex-funcionários da IBM decidiram criar sua própria empresa de desenvolvimento de sistema a SAP AG (o AG significa AktienGesellschaft (sociedade anônima em alemão)).

Esse então foi o primeiro passo para esses ex-funcionários da IBM, tornarem uma empresa pequena da cidade de Mannheim em uma grande empresa de alcance mundial líder no mercado de soluções corporativas.

Espero que tenham gostado desse meu primeiro tópico, logo mais estarei continuando a postar algumas outras informações sobre a SAP e sobre seus módulos.

Multinacional Vitra investe em SAP

A empresa de móveis Vitra, com sede na Suíça, viu na rede social empresarial uma chance para aumentar a eficiência e colaboração dos funcionários. Os critérios mais importantes para a escolha de uma plataforma de rede social interna no Vitra eram a forte integração com outros sistemas, a capacidade de colaborar facilmente e a troca de dados com entidades externas, além de uma pegada pequena e de baixa manutenção.

Tim Hanack, diretor de tecnologia de negócios da Vitra, disse que a empresa começou a olhar para soluções de redes sociais internas porque sua companhia precisa colaborar com rapidez, eficiência e de forma assíncrona ao longo de vários fusos horários, como parte de sua iniciativa de Trabalho Digital. Vitra projeta e fabrica móveis para escritórios, casas e espaços públicos, trabalhando com parceiros de todo o mundo.

Como muitas outras empresas, Vitra começou seu processo de avaliação social empresarial por já ter pilotado opções diferentes. “Foi uma avaliação muito rápida, pois estávamos à procura de um piloto em primeiro lugar”, disse Hanack.

Enquanto vários critérios foram utilizados para avaliar as possíveis soluções, a integração com sistemas existentes foi o mais importante, disse Hanack. “Integração em nossa infraestrutura existente é por enquanto o ponto mais importante, junto com um TCO razoável”, disse ele.

Vitra, um cliente SAP desde 1995, decidiu implementar a nuvem baseada em StreamWork da SAP para seus pacotes de integração existentes e também pela sua capacidade de permitir que os funcionários Vitra colaborem com parceiros externos. Hanack disse que a equipe da Vitra ficou impressionada não só com as possibilidades de integração da StreamWork da SAP através da sua API aberta, mas também com a “alta vontade ” da SAP em trabalhar com a Vitra e aprender no processo.

A StreamWork da SAP está disponível na empresa nas edições profissional ou básicas. O Enterprise Edition permite a integração com várias aplicações adicionais da SAP para permitir a colaboração em programas que já estão sendo executados pelos clientes SAP.

Os funcionários responderam favoravelmente ao sistema, disse Hanack, em parte porque a interface pega elementos e características comumente encontradas em redes sociais populares como o Facebook. Os utilizadores estão, portanto, tipicamente confortável com o sistema desde o início.

No entanto, Hanack advertiu que nem todos os funcionários estão firmemente a bordo do modelo social de comunicação empresarial ou que eles vão ter algum tipo de compreensão inata ou experiência com ferramentas de redes sociais. Identificar influenciadores de negócios sociais dentro da empresa e fornecer educação continuada são a chave, disse ele.

“Nossos funcionários são a maior parte empolgada com as possibilidades oferecidas pela colaboração social, mas você tem que pegar na fase em que as pessoas atualmente são”, disse ele. “Alguns já estão utilizando plataformas e tecnologias sociais em casa, outros não têm qualquer conhecimento ou experiência. Estamos tentando aumentar a conscientização e promover a nossa iniciativa em parceria com multiplicadores internos recrutados dos grupos de usuários mais avançados e influenciadores. Além disso, teremos também algumas sessões de formação básica programada, tanto pessoalmente e e-training.

Hanack espera que a StreamWork da SAP esteja totalmente integrada na iniciativa de trabalho digital da empresa ao longo deste ano.