PRINCE2 x PMBOK

PRINCE2 x PMBNOK

A diferença básica entre PMBOK e PRINCE2 é que enquanto o primeiro é uma base de conhecimento e boas práticas de gerenciamento de projeto, o segundo é uma abordagem estruturada, com processos, papéis e responsabilidades bem definidas, que orienta o gerente e o time de projetos na condução do projeto. O PMBOK orienta “o que” é necessário fazer e o PRINCE2 o “como” fazer. Continuar lendo

Anúncios

Benefícios do método PRINCE2

PRINCE2 é um método para gerenciamento de projetos que foi construído com base na experiência e que fornece um mecanismo para alertar precocemente potenciais problemas que passam afetar o projeto. Este método provê condições à equipe de gerenciamento do projeto para suportar eventos repentinos e inesperados.

De acordo com o manual PRINCE2, este método oferece benefícios para a Organização, para os Gerentes e Diretores do Projeto, para os envolvidos e para o próprio projeto. O método PRINCE2 oferece condições para melhorar o controle de uso de recursos, melhorar a capacidade de gerenciar riscos, estabelecer uma linguagem comum de gerenciamento de projetos, definir e deixar claro os papeis e responsabilidades dos envolvidos, assegurar as entregas do projeto conforme planejado etc. Alguns outros benefícios deste métodos para a Organização são:

  • Melhorar uso dos recursos investidos e retorno sobre investimento através da execução de projetos viáveis e de valor/benefício para a Organização;
  • Envolvimento ativo de usuários e stakeholders do projeto para assegurar que o produto do projeto esteja de acordo com os requisitos de negócio, funcionais e do ambiente;
  • Utilização de uma abordagem que distingue o gerenciamento do projeto do desenvolvimento do produto;

Continuar lendo

Conhecendo o PRINCE2 e se certificando

PRINCE2 é o padrão de facto do Reino Unido para gestão de projetos, desenvolvido pelo governo e usado nos setores público e privado. O acrônimo significa Projects In Controled Environments (projetos em ambientes controlados). O PRINCE2 é agora usado por várias organizações do setor privado no Reino Unido e no resto do mundo e é obrigatório em muitos projetos do setor público na Europa.

A metodologia foi originalmente desenvolvida para uso em projetos de TI, mas, desde seu relançamento como PRINCE2, ela é usada em qualquer tipo de projeto. A propriedade do PRINCE2 é do Office os Government Commerce (OGC) e ele é administrado pela Association os Project Managers Group. O PRINCE2 tem um manual padrão com processos similar ao PMBOK. A diferença entre ele e o PMBOK é que o PRINCE2 foca em produtos e não nas atividades para produzi-los. Isso afeta seu método de planejamento, controle e execução. De qualquer forma, há três partes na estrutura de cada método PRINCE2: processos, componentes e técnicas.

O Foundation é o primeiro dos exames PRINCE2 em que você tem de passar para se tornar um profissional PRINCE2. É preciso demonstrar entendimento dos princípios e da terminologia do método. Especificamente, os candidatos devem ser capazes de descrever a finalidade e o conteúdo principal de todas as funções, dos oito componentes, dos oito processos e dos subprocessos e das técnicas.

O Practitioner é o segundo dos dois exames. O objetivo aqui é medir se o candidato seria capaz de aplicar o PRINCE2 à execução e gerenciamento de um projeto dentro de uma organização.

Certificação PRINCE2 como funciona?

Continuar lendo