Desenvolvimento para .NET e Microsoft SQL Server simples e rápido com Amazon RDS para SQL Server e suporte a .NET para AWS Elastic Beanstalk!

Leitores,

Achei realmente muito interessante este post publicado hoje 08-05-2012 pelo Blog Amazon Web Services, e gostaria de compartilhar com vocês, o conteúdo é realmente sensacional. Vale a pena conferir.

Estamos continuamente simplificando a experiência de desenvolvimento para Windows e .NET e por isso estamos felizes em anunciar hoje o suporte a .NET para AWS Elastic Beanstalk e Amazon RDS para SQL Server. AWS Elastic Beanstalk é uma maneira simples de implantar e gerenciar aplicações na Nuvem da AWS e automatiza os detalhes de provisionamento de capacidade, balanceamento de carga, auto-escalabilidade e monitoração da saúde da aplicação. Amazon RDS automatiza os aspectos de implantação, patches e backups de um banco de dados relacional, reduzindo o tempo gasto com tarefas administrativas de bancos de dados.

Amazon RDS para SQL Server
Lançamos o Amazon Relational Database Service (RDS) em 2009 com  suporte para MySQL. Desde então adicionamos diversas funcionalidades como Multi-AZreplicas de leitura, e suporte a VPC. Ano passadp adicionamos o suporte aoBanco de Dados Oracle.

Hoje estamos aumentando os benefícios do Amazon RDS para clientes do SQL Server. Amazon RDS agora suporta as edições Express, Web, Standard e Enterprise do SQL Server 2008 R2. Planejamos adicionar o suporte ao SQL Server 2012 até o final deste ano.

Se você é um novo cliente do Amazon RDS, você pode usar o Amazon RDS para SQL Server (Edição Express) na oferta gratuita por um ano inteiro. Depois disso, você pode usar o serviço sob múltiplos modelos de licenciamento, com preços iniciando em $0.035 por hora. Veja preços do RDS para SQL Server para maiores detalhes.

Suporte a .NET para AWS Elastic Beanstalk
No início deste ano, adicionamos suporte para aplicações PHP no Elastic Beanstalk. Lançamos o Elastic Beanstalk com suporte a aplicações Java

Hoje estamos adicionando ao Elastic Beanstalk o suporte a aplicações .NET. Elastic Beanstalk utiliza a imagem de Windows Server 2008 R2 e o IIS 7.5 para executar aplicações .NET. Você pode executar aplicações .NET já existentes sem mudanças ou com mudanças mínimas. Não há custo adicional pelo  Elastic Beanstalk—você paga apenas pelos recursos da AWS que sua aplicação utilizar. E você pode utilizar a oferta gratuita da AWS, para executar sua aplicação Elastic Beanstalk gratuitamente.

Novos recursos do AWS Toolkit para Visual Studio

Estamos também atualizando o AWS Toolkit for Visual Studio para que você possa implantar seus projetos existentes no Visual Studio diretamente no AWS Elastic Beanstalk. você pode usar o AWS Toolkit para Visual Studio para criar instâncias Amazon RDS DB e conectar a elas diretamente. Assim você pode construir suas aplicações sem precisar sair do seu ambiente de desenvolivmento.

Para um tutorial passo a passo detalhado, visite o Guia do Desenvolvedor do AWS Elastic Beanstalk.

Implante sua Aplicação no AWS Elastic Beanstalk
Para iniciar, simplesmente instale o AWS Toolkit para Visual Studio e crie uma conta na AWS. Você pode implantar projetos Web do Visual Studio no Elastic Beanstalk, incluindo projetos ASP.NET MVC e ASP.NET Web Forms. Para exemplificar, usams aqui a aplicação MVC de exemplo NerdDinner.

Para implantar no AWS Elastic Beanstalk, clique com o botão direito no projeto e então clique em Publish to AWS. Forneça os detalhes e complete o wizard. Isso irá lançar um novo ambiente Elastic Beanstalk e criará os recursos AWS para executar sua aplicação. Pronto! NerdDinner já está funcionando no Elastic Beanstalk.

Criar e Conectar a uma Instância d eBanco de Dados Amazon RDS
Por padrão, NerdDinner se conecta a um banco de dados SQL Server Express local. Faremos pequenas mudanças para conectá-lo a uma instância de Amazon RDS para SQL Server. começaremos criando uma nova instância de Amazon RDS para SQL Server usando a view AWS Explorer dentro do Visual Studio.

Precisamos também criar o schema que NerdDinner espera. Para fazer isso, basta usar o wizard Publish to Provider no Visual Studio para exportar o schema e os dados para um script SQL. Você pode então executar o script SQL no banco de dados RDS para SQL Server para recriar o schema e os dados.

Atualize sua Aplicação
Agora que o banco de dados Amazon RDS para SQL Server está funcionando, vamos modificar a string de conexão da aplicação para usá-lo. Para fazer isso, você simplesmente modifica o arquivo  ConnectionString.config em seu projeto NerdDinner e fornece os detalhes de conexãode sua instância RDS.

Finalmente, você republica as mudanças para o AWS Elastic Beanstalk. Usando implantações incrementais o AWS Toolkit para Visual Studio vai apenas fazer o upload do arquivo modificado e o novo  NerdDinner com banco de dados RDS ficará disponível alguns segundos depois.

Fonte original, sem quaisquer alterações: Blog Amazon Web Services

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s