Kanban! a Gestão Visual

 Kanban na realidade já é uma prática antiga muito utilizada, talvez a sua empresa já utilize está técnica e você não tenha notado, mas os seus resultados ajudam e muito no dia a dia, facilitando o processo de produção em todas as suas etapas, então vamos agora entender um pouco mais sobre sua origem e tambem de sua prática.

Kanban é uma palavra japonesa que tem como definição os termos Registro ou Placa invisível, isso mesmo, é através da identificação no fluxo do processo que o mesmo auxilia, podendo ser cartão, luzes ou caixas entre outras tantas técnicas utilizadas.

O Kanban é muito utilizado nas industrias automotivas em linhas de produção ajudando a controlar a Quantidade necessária entregue para cada etapa de um fluxo de manufatura e estoque, em caso desta quantidade se esgotar o aviso retorna ao seu ponto de origem gerando um novo pedido de mais peças ou não, criando assim um fluxo automático de produção, gerando resultados na produtividade.

Temos 2 tipos de Kanbans, sendo eles Kanbans de Produção ou Kanbans de Movimentação, agindo diretamente ao local de armazenagem de matéria prima, onde no uso deste acaba não sendo necessário a utilização de formulários, sistemas e até outra prática utilizada pela empresa.

O investimento para implementação é consideralvemente baixo, claro, isso depende do porte da empresa ao qual o mesmo será utilizado, mas no caso de uso de Quadros de cartões de sinalização ou identificação para os processos, o Kanban acaba se tornando a melhor ferramenta na busca pela sintonia perfeita da produção e estoque, pois além de sua didática o mesmo ajuda diretamente a não deixar o estoque sem produto, evitando atrasos ao clientes.

Quando no uso de caixas ou cartões para a produção, o objetivo é produzir somente o necessário para o estoque um determinado produto, retirando assim o excesso na produção e também no estoque.

Diretamente ligado ao sistema de produção o Kanbam ajuda no sucesso do Sistema Enxuto ou Just in Time, não tendo claramente a mesma técnica do Just in Time.

Pesquisando descobri um termo que define claramente o que é o  Kanban, gestão visual no controle de produção e estoques.

No caso de Kanban realizado através de Quadro de Cartões, o cartão poderá estar em no máximo dois locais, ou ele estará anexado ao Quadro ou estará na produção, ou seja, quando o mesmo estiver anexado ao produto, após seu uso ele retorna para o Quadro, logo após o mesmo fará parte de uma nova solicitação de fornecimento deste produto em questão.

Através da Gestão visual deste cartões, podemos nos orientar com as cores, como no quadro abaixo, onde podemos identificar a criticidade de produção definida pelo estoque.

 

Além do cartões tambem temos o sistema de caixas empilhadas na vertical, estando em locais demarcados com cores diferentes, funcionando da mesma maneira que o Quadro, ou seja, quando o nivel chegar ao máximo ou na cor vermelha quer dizer que haverá a falta de peças para o cliente.

Em caso de não houver mais caixas vazias no local, siguinifica que não a mais necessidade de produção de uma determinada peça para o cliente, pois as mesmas estão em produção ou em estoque.

Fica a dica do Kanban, talvez você já tenha visto ou utilizado, esta técnica apesar de simples é uma das grandes ferramentas utilizadas em indústrias de automoveis entre outras.

Algumas razões para utilizar um quadro Kanban

1. Visibilidade

Eu já falei aqui por que eu prefiro minhas atividades no caderno, pois ele estará sempre ao alcance da mão e dos olhos, pra me lembrar de todas as pendências que tenho pra resolver.

Com o controle das atividades expostos a todos, é como se tivéssemos um grande e coletivo caderno aberto. Todos os envolvidos podem ter uma visão de como as coisas estão, quais são os gargalos do processo, que precisam de atenção para melhorar a qualidade do desenvolvimento.

2. Facilidade de uso

Os cartões podem ser bem simples, de forma que novos integrantes na equipe, gestores ou clientes consigam visualizar e entender sem a necessidade de treinamento, “manual” ou softwares de gerenciamento de projeto.

O próprio quadro, quando bem utilizado e formatado, fornece uma representação gráfica do estado em que está o projeto. Simples assim.

3. Auto-organização e Colaboração

Consequência da visibilidade, a auto-organização deve acabar surgindo naturalmente. Se você tiver problemas do tipo: Gente sobrecarregada Vs. Gente desalocada, e o seu quadro permitir visualizar graficamente a alocação, a própria equipe vai ver essas diferenças e isso pode ajudar a criar uma cultura de colaboração.

Em equipes mais maduras, alguém desalocado pode se oferecer para ajudar alguém atarefado, e vice-versa. Em equipes menos maduras ou problemáticas, essa “exposição” pode facilitar o trabalho do líder em apontar os problemas e buscar soluções em conjunto com o time.

Fonte: http://www.qualidadebrasil.com.br

2 pensamentos sobre “Kanban! a Gestão Visual

  1. Pingback: Gestao Visual Resources | Actual Percentil

  2. Pingback: Gestao Visual Link Languages | Actual Percentil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s